No dia 19 de maio de 1986, diversos pontos luminosos foram vistos no céu de São José dos Campos sendo seguidos por cinco caças da Força Aérea Brasileira (FAB), enviados para ‘combater’ os alvos que mudavam de localização em alta velocidade.

A “Noite Oficial dos OVNIs” foi noticiada no Jornal Bandeirantes em Maio de 1986, sendo uma das primeiras informações sobre o tema na TV brasileira.

Nossos olhares para o espaço sempre miraram encontrar alguma evidência de que não estamos sozinhos neste imenso universo e evidências como o avistamento realizado pelo então presidente da Embraer, Ozires Silva, que passava pela rota dos objetos em viagem de Brasília para São José dos Campos com o piloto Alcir Pereira da Silva a bordo de um Xingu e a da visita de J.J Hurtak, alguém com tal currículo, veio pesquisar OVNIS no Brasil intriga pessoas até hoje.

De acordo com Júlio Ottoboni, jornalista científico e correspondente do DefesaNet sobre aquele dia: “Na época, um noite fria e com o céu totalmente limpo, grande parte da população da cidade avistou centenas de objetos já no começo da tarde, quando começaram a surgir nos céus e seguiram até o final da noite, terminando numa espetacular caçada dos jatos da FAB sobre os cones, cilindros, esferas e triângulos iluminados que acabou sobre o Oceano Atlântico.”

Um dos mais ativos nestas buscas pelas informações do fenômeno sobre os céus do maior polo de ciência e tecnologia aeroespacial do hemisfério sul foi o norte americano Ph.D J.J. Hurtak, um cientista social, especialista em sensoriamento remoto e futurista. Ele é mais conhecido por este livro intitulado O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch e por ser consultor para o best-seller de Sidney Sheldon, Juízo Final.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=55&v=0DDqwBpFnQQ&feature=emb_logo

O Portal G1 e a TV Vanguarda realizaram uma matéria especial sobre aquele dia. Confira.

O pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o engenheiro eletrônico pela UNB, mestre e doutor em computação aplicada Ricardo Varela Corrêa, é um dos mais estudiosos dos Objetos Voadores Não Identificados (OVNIS) em São José dos Campos. Centenas de casos passaram por suas mãos e análises dentro do instituto e sua experiência é vasta nos estudos de OVNIS e contatos dos mais diversos graus, inclusive muitos deles foram casos que chegam oficiosamente até o INPE.

Possui algum material sobre aquele dia? Entre em contato para publicarmos nesse espaço